Acesso restritoCONSULTAS BOA VISTA SCPC

 

ACE Ourinhos dá dicas para consumidor usar o 13° salário

A data final para o pagamento da primeira parcela do 13º salário é dia 30 de novembro. A segunda parcela, por sua vez, precisa ser depositada na conta dos trabalhadores até o dia 20 de dezembro. Aqueles que pediram o adiantamento do 13º nas férias, contudo, não recebem a primeira parcela agora (pois já receberam), apenas a segunda. A primeira parte representa metade do salário que o funcionário ganha.

De acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o pagamento do 13° salário deve injetar R$ 214,6 bilhões na economia. O número de pessoas com direito ao benefício soma 81 milhões, dos quais 61% são empregados formais (49 milhões de pessoas) e 37,7% (30,5 milhões) são aposentados e pensionistas da Previdência Social (INSS). O valor médio do 13º salário que será pago em 2019 é estimado em R$ 2.451.

A Associação Comercial e Empresarial de Ourinhos (ACE), em parceria com a Boa Vista SCPC, oferece dicas e possibilidades ao consumidor que tem direito ao pagamento de como utilizar esse dinheiro extra para colocar as finanças em dia ou até fazer uma poupança de emergência.

Pagar dívidas

Caso o consumidor tenha dívidas em atraso, é válido fazer um levantamento dos valores dessas dívidas e quem são os credores. A ACE Ourinhos lançou a campanha “Acertando suas Contas” para que consumidores inadimplentes, muitos com crédito negativado, regularizem suas dívidas.

A oportunidade será gratuita e permitirá que o consumidor renegocie contas com pagamento atrasado em condições especiais, até 20 de dezembro, para voltar a ter acesso ao crédito. Os consumidores interessados em aproveitar esta oportunidade para renegociar dívidas devem se dirigir à sede da ACE Ourinhos, munidos de RG e CPF. Nela receberão orientações e farão a consulta gratuita de CPF. Identificada à dívida, a entidade fará o encaminhamento para o estabelecimento credor, munido de um cupom que deverá ser apresentado para obter condições especiais para quitar a pendência financeira.

Pagar despesas extras à vista

No final de ano é comum o consumidor gastar com presentes de Natal e viagens. O 13º salário pode ser reservado para pagar estas despesas à vista, evitando criar novas prestações, e assim começar o próximo ano endividado.

Começar um negócio

Se o consumidor pensa em empreender e até já sabe no que gostaria de investir para ter seu próprio negócio, o 13º salário pode ser usado como o investimento inicial para começar o empreendimento. Se o valor for insuficiente, pode ser guardado para acumular o montante necessário durante 2020.

“O 13° salário deve manter o ritmo de aquecimento do mercado. Com o dinheiro extra muitos consumidores têm a oportunidade de aproveitar as promoções de final de ano ou mesmo de pagar dívidas e iniciar 2020 com o nome limpo”, explicou o diretor da ACE, Robson Martuchi.


<< Voltar


CURSOS E EVENTOS


Veja todos

  • CDC

PARCEIROS