Acesso restritoCONSULTAS SCPC

 

Comerciantes se reúnem na Associação Comercial de Ourinhos para debater sobre a Segurança Pública

Com iniciativa de alguns comerciantes e o apoio da Associação Comercial de Ourinhos foi realizada no dia 20 de outubro uma reunião com representantes da polícia civil, delegado Antônio José Fernandes Vieira e o titular da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) Doutor João Beffa, e representando a Polícia Militar, Cenise Araújo Calasans, Tenente Coronel junto com o Capitão Denilson Alysson Corrêa para tratar da segurança no município, em especial do calçadão, após o horário comercial. A reunião extraordinária ocorreu por conta da série de furtos ocorridos nas últimas semanas durante as madrugadas.

“A maioria entra pela janela ou acessa o telhado e o forro das lojas. Somente nos últimos dias foram mais de quatro ocorrências do tipo. Por isso, o papel da Associação em apoiar a iniciativa dos comerciantes para chegarmos juntos a uma solução”, destacou vice-presidente da Associação Comercial e Empresarial de Ourinhos, Alexandre Mariani.

Um dos principais assuntos em pauta foi a questão da atividade delegada que é um importante recurso para colocar mais policiais nas ruas, mediante convênio entre Prefeitura e a Secretaria de Segurança Pública do Estado. A atividade delegada possibilita que seja feito o monitoramento do Terminal Rodoviário, Cemitério Municipal, Feira da Lua, FAPI, entre outros eventos por policiais militares nos dias de folgas.

Além de todos os esclarecimentos sobre a rotina da polícia, suas necessidades e dificuldades, o Delegado Antônio José orientou os lojistas a verificar como estão as medidas primeiras de segurança do estabelecimento, como alarmes e câmeras e ressaltou a importância de ter um equipamento de vídeo com qualidade para facilitar a identificação do suspeito.

Doutor João Beffa reforçou a importância do Boletim de Ocorrência. “Mesmo em pequenos furtos, é fundamental o registro, pois somente através dele é possível ter estatísticas reais dos casos na cidade, se são isolados ou não, entre outros indicadores. “O boletim é um documento importantíssimo, tanto para a polícia como para a vítima. Se ocorre uma série de assaltos e ninguém registra a ocorrência, torna-se um fato que não pode ser averiguado pela Polícia, e não saberemos se é o mesmo elemento cometendo o crime.”, comentou o titular da DIG.

Na ocasião, também esteve presente o vice-presidente do Observatório Social, João Batista Albano, que parabenizou a iniciativa dos comerciantes e comentou da importância da sociedade estar sempre atenta as questões de segurança durante todo o ano. O Observatório Social é um espaço democrático Apartidário para o exercício da cidadania em favor da transparência e da qualidade na aplicação dos recursos públicos de Ourinhos.

Alexandre Mariani finalizou a reunião reforçando o apoio da Associação Comercial de Ourinhos e disponibilizando a estrutura para futuras reuniões para tratar de assuntos relacionados a segurança ou de qualquer outro que se faça pertinente.

Fonte: Assessoria de imprensa da Associação Comercial de Ourinhos

tags: associação comercial, ourinhos, comércio


<< Voltar


CURSOS E EVENTOS


Veja todos

  • CDC
  • Toldo
  • CR
  • Adriana

PARCEIROS