Acesso restritoCONSULTAS SCPC

 

PAPO DE EMPRESÁRIO - QUEM É ESSE TAL DE PARETO?

Outro dia escrevi sobre planejamento. Continuando nesta linha vou escrever sobre o Princípio de Pareto.

O Princípio de Pareto afirma que existe um forte desequilíbrio entre causas e efeitos, entre esforços e resultados e entre ações e objetivos alcançados. Afirma também que, de uma maneira genérica 80% dos resultados que obtemos estão relacionados com 20% dos nossos esforços. Ou seja, uma minoria de ações leva a maior parte dos resultados, em contrapartida, a maior parte das ações leva a menor parte dos resultados. A seguir alguns fatos que ilustram o Princípio de Pareto:
• 80% do total de vendas estão relacionados com 20% dos produtos;
• 80% dos lucros estão relacionados com 20% dos clientes;
• 80% dos acidentes de trânsito são causados por 20% dos motoristas;
• 80% dos usuários de computador usam apenas 20% dos recursos disponíveis;
• 80% do tempo usamos 20% de nossas roupas;
• 80% das pessoas preferem 20% dos sabores ou cores disponíveis;
• 80% dos resultados são obtidos por 20% dos funcionários. 
E o que eu tenho com isso? Esta é a pergunta a ser respondida.
Se você fizer uma análise criteriosa de suas vendas e de seu estoque muito provavelmente chegará à mesma conclusão de Pareto. Aproximadamente 20% dos seus produtos respondem por 80% de seu faturamento. Claro que existem exceções.
Assim, se você gostar de números e de controle, vai entender que se você conseguir administrar suas vendas vai começar comprar mais e melhor do que realmente faz sua empresa ganhar dinheiro e, em contrapartida, deixará de comprar produtos periféricos ou secundários que só fazem volume e não têm rentabilidade.
É preciso compreender a diferença entre um estoque grande e um estoque inchado. Estoque inchado é aquele que tem muitos produtos que não vendem, que ocupam as prateleiras e já estão até empoeirados de tão antigos. Se me permite dar um conselho, acabe com ele. Faça promoções, liquidações, venda pelo mesmo preço que comprou, mas se livre dele. Ele atrapalha, ele dificulta seu poder de decisão e induz você novamente ao erro.
Deixe os estoques para seus fornecedores. Se você vende 10 peças por mês, porque vai comprar 50? Só por causa do desconto? E o capital parado? As contas vencem. Os descontos se transformam em prejuízos. Preste atenção. O momento é de controle. E de prudência. Daí os resultados virão com certeza. 
Seja pontual, invista nos 20% que realmente dão retorno financeiro e somente o necessário nos 80% restante. 
O Princípio de Pareto deve ser utilizado para concentrar-se mais nas ações que irão gerar os resultados desejados. 
Nunca se deixe levar pelos objetivos de outras pessoas, não deixe que ninguém conduza a sua vida. Lembre-se: você é o único responsável pela sua vida. Se você consegue vencer o mérito é todo seu; se não consegue também, assim reorganize-se:
• Defina seus objetivos e estabeleça prioridades;
• Defina as ações (metas) e tempo (prazo) para realizá-las;
• Não perca tempo com pormenores e ações circunstanciais;
• Aprenda a dizer não às tarefas que não são de sua responsabilidade;
• Aprenda a delegar, confiando na capacidade do outro;
• Desenvolva métodos eficazes no trabalho, analisando o que é feito do seu dia.
O seu objetivo é aprender com o princípio de Pareto e se esforçar ao máximo para que ele esteja errado em sua empresa. 
Com certeza, se Pareto não gostar, você vai. E muito!

 

Alexandre Mariani - Vice Presidente da ACE Ourinhos


<< Voltar


CURSOS E EVENTOS


Veja todos

  • CDC
  • Toldo
  • CR
  • Adriana

PARCEIROS