Notícias

Fique por dentro do que acontece em nossa entidade, no Brasil e no mundo.

Foto ilustrativa

Parceira da ACE Ourinhos, Universidade Unopar realiza o 1º Fórum Regional de Acessibilidade e Inclusão

O evento discute avanços e desafios na inclusão da pessoa com deficiência

 Parceira da ACE Ourinhos, Universidade Unopar realiza o 1º Fórum Regional de Acessibilidade e Inclusão

 

 O evento discute avanços e desafios na inclusão da pessoa com deficiência

 

 

A Associação Comercial e Empresarial de Ourinhos representada pelo assessor jurídico Gilvano José da Silva, esteve presente no 1º Fórum Regional de Acessibilidade e Inclusão,  realizado pela Universidade Unopar. Com a participação de representantes do Poder Público e da Iniciativa Privada, o primeiro dia de evento aconteceu no Teatro Municipal Miguel Cury e teve como objetivo discutir, debater e trocar experiências na área da acessibilidade.

O evento teria inicialmente 3 dias, porém, devido a casos de Covid na Associação de Assistência às Pessoas com Deficiência o último dia foi cancelado. O primeiro dia contou com um painel onde o Poder Público e a Iniciativa Privada apresentaram seus cases de sucesso e o que ainda pretendem fazer com relação à inclusão e acessibilidade. 

Além do idealizador do evento, o professor e arquiteto Gustavo Gomes, estiveram presentes: representando o prefeito Lucas Pocay, o vice- prefeito Lucas Suzuki, os secretários da cultura Vinicius Costa, secretário da inclusão Caio Lima, secretário de esportes Danilo Lima, secretário adjunto de assistência social Hamilton Azevedo e representando a câmara municipal o vereador Alexandre Zóio. 

Em seu momento de fala, o representante da ACE, Gilvano, destacou que o empresariado de Ourinhos está atento à questão da inclusão e acessibilidade e que embora alguns prédios sejam antigos, todos tem se adequado. "Além da determinação legal, o empresário está solidário a esta causa e pensa na inclusão em diversos aspectos dentro do seu empreendimento. Nós estamos sempre estimulando o programa de contratação PCD e institucionalmente participamos da diretoria do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência", destacou.

Também divulgou os seus resultados a psicóloga de uma empresa que emprega centenas de pessoas em Ourinhos, o Supermercado São Judas Tadeu. Priscilla Agustino de Moura Rocha destacou que pensando sempre na inclusão dessas pessoas no mercado de trabalho, o São Judas tem hoje no seu quadro mais pessoas no regime PCD do que é previsto por lei. 

 

Nesta sexta-feira (14) o Fórum apresentará uma mesa redonda com pessoas ligadas à defesa dos direitos das Pessoas com Deficiência, para uma discussão sobre os avanços na área desde a aprovação da LBI, a Lei Brasileira de Inclusão, válida desde janeiro de 2016, e o que ainda falta para que a PcD tenha pleno gozo de seus direitos. Também comporão a mesa profissionais que trabalham em Cultura e Educação Física com PcD, para conversarem sobre a melhoria de autoestima por meio da Arte e dos Esportes.


 

 

DIA 14/01/2022-– ACESSIBILIDADE E AS BARREIRAS ATITUDINAIS

 

19 horas      Abertura: A Inclusão Depende de Superação?

 

Mesa Redonda: Todo mundo é Responsável pela Inclusão

 

LOCAL: TEATRO MUNICIPAL DE OURINHOS

 


Redes sociais

Newsletter