Acesso restritoCONSULTAS BOA VISTA SCPC

 

ACE coloca orientadores no centro para apoiar combate à Covid-19 na cidade

ACE coloca orientadores no centro para apoiar combate à Covid-19 na cidade

 

 

Robson Martuchi, presidente da ACE, cobra de comerciantes que respeitem os horários de abertura e fechamento acordados com o Comitê Gestor da Covid-19

 

 

Já estão nas ruas do centro comercial de Ourinhos 6 orientadores contratados pela Associação Comercial e Empresarial de Ourinhos (ACE) para fortalecer junto aos consumidores e transeuntes os cuidados necessários ao combate à Covid-19. A ênfase é para o Calçadão, onde ocorrem aglomerações em dias normais de comércio aberto. Desde quarta-feira, o comércio foi autorizado a funcionar em horário reduzido, das 10h às 16h, mas, segundo o presidente da ACE, Robson Martuchi, a preocupação é grande quanto a manutenção dessa medida autorizada pela Prefeitura com base em deliberações do Comitê Gestor da Covid-19 em Ourinhos, realizada na última terça-feira, 19.

 

“Tivemos uma decisão inédita na região de Marília, toda ela enquadrada na faixa vermelha do Plano São Paulo do governos estadual. Agora, precisamos que todos, mas todos mesmo, colaborem para não voltarmos à estaca zero”, alertou Robson Martuchi. De acordo com o presidente da ACE, na quarta e quinta-feira houve denúncias sobre comerciantes que mantiveram seus estabelecimentos abertos mesmo após as 16h. “Isso não pode. Precisamos do compromisso de todos para garantir o trabalho dos empresários e o emprego dos comerciários. É muita gente dependendo disso, temos que ter responsabilidade com isso”, reforçou Martuchi.

 

ACE coloca orientadores no centro para
apoiar combate à Covid-19 na cidade


Robson Martuchi, presidente da ACE, cobra de comerciantes que respeitem os horários de abertura e fechamento acordados com o Comitê Gestor da Covid-19


Já estão nas ruas do centro comercial de Ourinhos 6 orientadores contratados pela Associação Comercial e Empresarial de Ourinhos (ACE) para fortalecer junto aos consumidores e transeuntes os cuidados necessários ao combate à Covid-19. A ênfase é para o Calçadão, onde ocorrem aglomerações em dias normais de comércio aberto. Desde quarta-feira, o comércio foi autorizado a funcionar em horário reduzido, das 10h às 16h, mas, segundo o presidente da ACE, Robson Martuchi, a preocupação é grande quanto a manutenção dessa medida autorizada pela Prefeitura com base em deliberações do Comitê Gestor da Covid-19 em Ourinhos, realizada na última terça-feira, 19.

“Tivemos uma decisão inédita na região de Marília, toda ela enquadrada na faixa vermelha do Plano São Paulo do governos estadual. Agora, precisamos que todos, mas todos mesmo, colaborem para não voltarmos à estaca zero”, alertou Robson Martuchi. De acordo com o presidente da ACE, na quarta e quinta-feira houve denúncias sobre comerciantes que mantiveram seus estabelecimentos abertos mesmo após as 16h. “Isso não pode. Precisamos do compromisso de todos para garantir o trabalho dos empresários e o emprego dos comerciários. É muita gente dependendo disso, temos que ter responsabilidade com isso”, reforçou Martuchi.

A equipe de orientadores contratada pela ACE foi um pedido do próprio Comitê Gestor, que teme pelos abusos de poucos, mas que podem comprometer todo o trabalho realizado em prol do funcionamento parcial do comércio. A ACE realizou na manhã desta sexta, 22, um treinamento com os orientadores, coordenado pelo diretor da entidade, Fred Corrêa Leite. A eles foi entregue um kit com máscara, protetor facial e álcool em gel. “Temos que nos manter unidos e focados no que precisa ser feito neste momento. É importante para o comércio e é vital para a saúde de todos os ourinhenses’, comentou Fred.

A equipe de orientadores contratada pela ACE foi um pedido do próprio Comitê Gestor, que teme pelos abusos de poucos, mas que podem comprometer todo o trabalho realizado em prol do funcionamento parcial do comércio. A ACE realizou na manhã desta sexta, 22, um treinamento com os orientadores, coordenado pelo diretor da entidade, Fred Corrêa Leite. A eles foi entregue um kit com máscara, protetor facial e álcool em gel. “Temos que nos manter unidos e focados no que precisa ser feito neste momento. É importante para o comércio e é vital para a saúde de todos os ourinhenses’, comentou Fred.

 

tags: #comércio #prevenções #covif19 #medidasprotetivas


<< Voltar


CURSOS E EVENTOS


Veja todos

PARCEIROS